Home

Apresentação

Affonso Henriques. Doutor em Administração, Professor e Pesquisador. Eu passei muitos anos ajudando pessoas a atingirem seus objetivos. Eu me orgulho e sou feliz por isso. Durante quinze anos lecionando e pesquisando eu deixei essas funções para me tornar escritor e blogger.

Eu tenho vivido no Brasil desde que voltei do meu doutorado na Europa. Eu dei uma parada em 2017 e pensei se tinha habilidades para escrever livros em gêneros distintos que do Acadêmico. Eu li vários livros sobre como escrever pequenas estórias e gostei do que li. Não estou completamente pronto. Mas, vamos lá, Affonso!

Photo by EYu00dcP BELEN on Pexels.com

GÊNEROS FAVORITOS E ESTRUTURA DO SITE

Meus gêneros favoritos são Dramas Psicológicos, Suspense, O Cotidiano, Romances com final feliz (Sim! É minha fraqueza! Por que não?) e Análises Críticas. Eu começo a escrever com uma trilogia: Procurando por Ela; Ciladas da Vida e De Mãos Dadas. Embora sejam diferentes livros, suas estórias estão entrelaçadas. Eu pretendo fazer a publicação por este Website.

Para tanto, este Site foi estruturado em Tópicos e esses em Categorias. Por exemplo, temos no Tópico Blogs as Categorias Crescimento Pessoal e Produtividade. Já no Tópico Estórias temos as Categorias Pequenas Estórias e Minisséries. No Tópico Mídia temos os Vídeos – alguns Vídeos estão em Inglês, mas espero que sejam de fácil entendimento, leitor(a). No Tópico Ponto de Vista temos Categoria Ensaios. Eu convido você a dar uma olhada panorâmica no Site. E, quem sabe, se identificar com algumas Categorias.

OBJETIVO

Meu objetivo é provocar sua mente, coração e alma. Este não é um Site de respostas prontas. Eu escrevo para pensarmos juntos e compartilhar conhecimentos. Acredito que as pessoas precisam de ajuda, em algum momento, mas ajuda para refletir, posto que as decisões pertencem a cada um de nós.

Sobre me tornar escritor, um dia um amigo me perguntou: “Affonso você vai escrever? Já sei, está apaixonado?” Minha resposta: “Carlos, dê uma olhada ao redor (estávamos em um bar)! As pessoas estão agindo e escrevendo no ato de agir. Eu simplesmente observo e ponho essas estórias no papel. Essas situações me inspiram!

Termino sempre meus escritos com uma frase que reflete meu modo de ser, pensar e agir:

“Eu não tenho a intenção de convencer a ninguém. O ato de convencimento é um ato de colonização do Outro. É uma falta de respeito (Saramago, 1922 – 2010).

Obrigado e seja Bem-Vindo(a), Leitor(a)!!