Princípio de Pareto em Nossas Vidas

O Princípio de Pareto pode ser útil para melhorar nossas rotinas e nossa vida. Você já ouviu falar nesse assunto? Com certeza! Muito em Administração e um pouco para ser utilizado em sua vida privada.

Em um estudo sobre Economia, o italiano Vilfreto Pareto (1848 – 1923) percebeu que 80% da riqueza estavam concentrados em apenas 20% da população (hoje seria 99% concentrados em 1%). Esse fenômeno ficou conhecido como Regra 80/20 e que é aplicado em campos da Administração como a Gestão da Qualidade Total, Processos de Decisão e em nossas vidas. Por exemplo, usando essa regra você perceberá que apenas 20% dos eventos são responsáveis por 80% dos problemas (gato, periquito, papagaio, parceiro(a), oops!). Se você resolver ou eliminar esses eventos 80% do problemas desaparecem. Nada melhor para começar uma vida minimalista, tranquila.

Penso que aplicar a Regra 80/20 é necessário uma vez que nossas vidas já estão cheias de coisas desnecessária que causam impacto negativo. Poderíamos fazer menos coisas, as coisas certas e ter maior produtividade e satisfação.

Seria como encontrar ou desenvolver uma vida equilibrada. Isto é você corrige ou elimina os 20% e resolve 80% de suas preocupações. Em outras palavras, vamos supor que você tem um rotina de 10 eventos. Analisando, você percebe que dois eventos respondem por 80% de suas preocupação. O que fazer? Você pode otimizá-los de modo que funcionem corretamente ou, eliminá-los (adoro eliminar!!)

Nós fazemos muitas coisas desnecessárias e esquecemos que fazendo poucas coisas podemos atingir nossos objetivos de forma mais concentrada, mais tranquila e ter uma vida melhor. O segredo é foco no que é importante, naquilo que é mais produtivo e nos dá um retorno como uma vida equilibrada.

Neste ponto você já deve ter entendido a regra 80/20 para a sua vida pessoal, familiar. Então, vamos colocar mais uma “variável”. Você já levou em conta os stakeholders (partes interessadas). Eu acho que não! Porque como dizia o Ti Maia, “uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa”

Não entendeu nada! OK! Os stakeholders nos demandam mais e mais. Tipo, temos de jantar na casa do João; temos de ir à festa na Natalhia, etc. Mas você não quer ir jantar nem ir à festa. Pronto, você tem um problema 80/20. Sabe para aplicar essa regra na vida pessoal é preciso aprender a dizer não. Você gostaria de ficar em casa com a família vendo um bom filme. Uma coisa e outra coisa, você tem de escolher qual é seu foco. Infelizmente, se não encontramos o balanço da vida nós perdemos nosso foco para o stakeholder mais perverso da vida moderna: horas e horas de trabalho e só trabalho.

Photo by Andrea Piacquadio on Pexels.com

E nós passamos horas e horas no trabalho porque esquecemos da regra 80/20 lá, principalmente. Isto é impressionante? Não! É inacreditável! Se você conhece a regra e passa horas no trabalho, você apenas conhece a ideia da regra como forma abstrata. Como minha vó dizia: “Você não sabe o que é foco, estúpido!” Hoje eu sei!

Em resumo, pare de fazer coisas que não agreguem valor, que gastam seu tempo e energia, que não adicionam lucro para a sua companhia ou trabalho e que não criem um lar equilibrado.

É isto! Você não é o super-homem ou a super-mulher, mas nós temos a melhor máquina do Universo: nosso cérebro! Pense!

O que eu aprendi com minha vó e com o Princípio de Pareto é “Não comer mais do que eu posso mastigar, isto é foco naquilo que faz a diferença para melhor.

Photo by bongkarn thanyakij on Pexels.com

Eu não estou aqui para dar receitas. As decisões sempre pertencem a cada um de nós. Eu estou aqui para compartilhar ideias!

“Eu não tenho a intenção de convencer a ninguém. Isto seria uma falta de respeito.” (José Saramago, 1922 – 2010)

Obrigado, Leitor(a)!